Você sabia que seu funcionário pode estar te roubando?

Estima-se que em 2010, 70% das empresas do Brasil sofreram furto de materiais e fraudes, gerando um prejuízo de R$2,2 bilhões; esses dados se referem ao setor do varejo. Esse não é um crime sem vítimas; o furto de materiais de escritório causa danos monetários às empresas e às comunidades que elas atendem porque esse dinheiro impacta diretamente em seus lucros, fazendo com que as elas tenham que aumentar o valor de seus produtos para equilibrar os prejuízos. Por sorte, há medidas que podem ser tomadas por todos na organização, do dono ao funcionário mais básico, para pegar quem rouba e coibir essa prática.

Registre cada detalhe do acontecimento. Seu maior aliado para apanhar funcionários roubando é a informação. Assim que notar a ocorrência de um furto, faça o seu melhor para reunir dados como o momento, o lugar e, se possível, quem estava por perto quando aconteceu.

  • Dados que você pode querer registrar e/ou buscar em seus relatórios são:
    • A hora e data exatos de quando se deu a falta do dinheiro ou mercadoria;
    • O total na abertura e no fechamento do caixa ou ponto de venda (caso seja roubo de dinheiro)
    • Contagem do estoque e relatórios de vendas (caso seja roubo de produtos)
    • Nomes dos funcionários que estavam trabalhando no momento do roubo;
    • Se possível, dados de acesso, entrada e saída, etc.
    • Relatórios de gastos dos funcionários
    • Relatórios de checagem dos materiais
  • Se você não tem essas informações, comece a registrá-las assim que suspeitar de algo. Essa simples atitude é suficiente para inibir roubos futuros, mas se isso não acontecer, prepare-se para flagrar a situação.

E se você quiser contar com um time de especialistas na área, ligue pra gente 21 97128-1131

Siga-nos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *